POR QUÊ CONTRATAR UMA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO?

16/10/2012 15:42

As tarefas realizadas por um síndico não costumam ser das mais agradáveis. Manutenção de prédio, reuniões de condôminos, questões contábeis, administração de funcionários, reclamações de vizinhos, entre outras funções, podem trazer muita dor de cabeça. Pensando nisso, muitas empresas vêm ganhando espaço no mercado como administradoras de condomínios. Estas empresas prestam assistência ao sindico e aos moradores e por isso tem sido cada vez mais procuradas. Uma maneira eficaz de resolver os problemas internos. Mas será que o custo-benefício vale a pena?

A gestão dos condomínios tem por primazia não só assistir ao síndico, conselheiros e o próprio condomínio tecnicamente e de maneira funcional, e também trazer segurança, eficiência e eficácia à administração. Neste pacote são disponibilizados suportes tributários, contábeis e financeiros, assistência na manutenção dos prédios, assistência e gestão especializada no âmbito Trabalhista quanto a contratação, acompanhamento e desenvolvimento funcionais, com vistas também as responsabilidades, acompanhamento do sistema previdenciário, civil, consumeirista, contratual e ainda gestão das prestações dos serviços contratados, como conservação e limpeza, assistência nos reparos necessários como conserto de portões eletrônicos, elevadores, além das previsões orçamentárias, controle de dados e gestão da informação, redução de custos, otimização das receitas, e muito mais. São muitos benefícios.

Nossa empresa - A CONECTIVA CONDOMINIOS, desenvolve cada contrato dentro da necessidade do seu condominio, ajustando à conveniencia, oportunidade e solução pretendida pelas partes. Assim, os preços são ajustados aos serviços prestados e às necessidades de cada cliente. Assim, há respeito a identidade do Condomínio contratante.

O custo é válido e promove aperfeiçoamento em todo o sistema. Se pesnsarmos nas responsabilidades dos síndicos, que envolvem os aspectos civis, criminais, previdenciárias, trabalhistas, ambientais e tributárias, onde ele pode responder, inclusive, pessoalmente em muitos casos; considerando as atribuições dos Síndicos e dos Conselheiros que também refletem responsabilidades na ação e na omissão; e ainda, considerando as possibilidades de melhoras na gestão de recursos, desenvolvimento de obras, sistemática de reuniões, etc ... , sem falar na TRANSPARÊNCIA, fator de suma relevância que evita fraudes, desvios, enriquecimentos ilícitos, distorções nas relações de contratação, encarecimento ou superfaturamento das obras em detrimento de beneficiamente de poucos, e muito mais. Fica notória a importância desta parceria Adminitradora-Condomínios.